facebooktwitter_2youtube

Home Notícias Homens de Papel
Homens de Papel

Grupo de Teatro IFoco estreia com peça baseada em obra de Plínio Marcos. Veja como foi!

IMG_9252Com bom público e muitos elogios, o Grupo de Teatro IFoco, do IFSULDEMINAS – Campus Poços de Caldas, fez sua estreia com a peça “Homens de Papel”, no último dia 07 de dezembro, no auditório do Campus. No formato de crítica social, a peça foi uma livre adaptação do texto de Plínio Marcos. A entrada foi gratuita, contando com a presença de alunos, servidores, comunidade, além de familiares e amigos dos atores.

A apresentação mostrou a história de um grupo de catadores que se revolta contra o homem que rouba no peso e no preço do papel coletado, formando uma sociedade em rebelião, que assume o poder e passa de aprisionada para aprisionadora. Tudo acontece ao mesmo tempo em que chega à comunidade um casal com a filha doente. Sem se ater à realidade do grupo, os novatos só desejam trabalhar muito para juntar dinheiro e poder dar tratamento médico à filha. A partir daí, entra em discussão a questão do poder, que aprisiona tanto quem manda quanto quem obedece, em um jogo de sobrevivência.

Em debate, estiveram assuntos da atualidade, como a violência contra a mulher e a marginalização social. O cenário montado com muitos jornais, caixotes, papelão e lixo remetia à difícil realidade de muitos moradores de rua. Nas paredes e nos cartazes expostos pelos atores, frases de efeito com mensagens politizadas e contestadoras. O Grupo de Teatro IFoco foi formado por meio de um projeto de extensão do IFSULDEMINAS - Campus Poços de Caldas, coordenado pela servidora Heliese Fabrícia Pereira, que beneficiou com aulas gratuitas de teatro cerca de 20 pessoas, entre alunos, servidores e comunidade, durante o segundo semestre deste ano. As aulas do projeto e a direção do espetáculo "Homens de Papel" foram conduzidas pela atriz Évila Dos Anjos Munduruku. Ao final da apresentação, todos os participantes do curso receberam seus certificados de conclusão.

As alunas do curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) de Auxiliar de Biblioteca do Campus Poços de Caldas prestigiaram a apresentação. Para a Juliana Graciano, a peça foi interessante porque abordou temas reais, como a agressão à mulher. Na opinião da estudante, os atores fizeram um ótimo trabalho. O morador do bairro São Sebastião, Tiago da Silva, veio assistir à apresentação da enteada, Renata de Moraes: “achei os atores bem profissionais. Gostei muito, pois contou uma história real”.

IMG_9286Mesmo com experiências anteriores nos palcos, atuar em uma peça com alto teor de crítica social foi uma novidade para o participante do curso de teatro do Campus, Guilherme Fonseca: “estou realizado. Nunca tinha feito uma peça como essa. Eu acho que as companhias deveriam focar mais nesse tema para abrir o olhar das pessoas”. Para muitos participantes do curso de teatro, “Homens de Papel” foi a primeira experiência na arte de interpretar. Foi o caso da aluna de Ciências Biológicas do Campus Poços de Caldas, Cindi Corrêa: “foi maravilhoso, aprendi muito”. Quem também gostou da oportunidade de subir no palco foi o servidor Guilherme Abrão: “a arte é sempre muito bem-vinda, ainda mais quando aberta ao público, pois torna as pessoas mais humanas”. O servidor destacou ainda que participar do curso lhe proporcionou novas amizades e desenvolveu sua capacidade de trabalho em equipe.

Muito emocionada com o desempenho de seus alunos, a professora Évila Dos Anjos foi presenteada com um buquê no final do espetáculo. Ela explica que os ensaios para a peça foram iniciados em outubro, havendo, inclusive, a necessidade de ensaios extras para deixar tudo pronto para o dia da estreia. Ao longo das aulas, os participantes tiveram contato com conteúdos de jogos teatrais, trabalho físico, aquecimento, alongamento, postura vocal e afetividade. “Nós tivemos um trabalho árduo. O trabalho não aconteceria se não fosse a disposição de todos os participantes do curso. O sentido do teatro não é só o de você pegar um papel e decorar um texto. Esse espetáculo foi uma resistência, de vocês compreenderem melhor o papel do artista no mundo”, frisou Évila.

IMG_9301A coordenadora do projeto de extensão que formou o Grupo de Teatro IFoco, a servidora Heliese Pereira, salientou que “o texto de Plínio Marcos, “Homens de papel”, foi escolhido como forma de resistir e desistir jamais. O espetáculo foi surpreendente, emocionante e gratificante, foi lindo ver o empenho e dedicação de todos os envolvidos. A verdade é que o trabalho foi realizado em pouquíssimo tempo, lapidando participantes que nunca vivenciaram a prática teatral e apresentaram uma pérola”. Heliese adiantou que o objetivo é manter o grupo e apresentar a peça em vários outros locais de Poços e região. Mencionou ainda que o projeto, em 2017, será submetido a outros editais, contribuindo para a formação de mais atores por meio da abertura de uma nova turma.

cameraConfira em nosso Face as fotos da apresentação!

 filme_1E assista, em nosso canal no YouTube, a alguns trechos da peça!

 

Fotos e texto: Daniel Aroni
Edição de vídeo: Ana Lígia Rodrigues (estagiária)
Ascom/IFSULDEMINAS - Campus Poços de Caldas
www.facebook.com/ifsuldeminaspocosdecaldas
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
20/12/2016