Ensino

facebooktwitter_2youtube

Home Notícias Desigualdades socioespaciais
Desigualdades socioespaciais

Licenciatura em Geografia recebe palestra com professor da Unesp/Rio Claro

IMG_0614Abrindo o primeiro semestre letivo de 2017, o curso superior de Licenciatura em Geografia do IFSULDEMINAS - Campus Poços de Caldas recebeu, no último dia 08 de fevereiro, no auditório do Campus, o Prof. Dr. Fabrício Gallo (Unesp/Rio Claro) para palestrar sobre "Usos seletivos do território e organização federativa do Estado brasileiro: fundamentos das desigualdades socioespaciais contemporâneas". O evento aberto a toda a comunidade contou com a presença de servidores e alunos veteranos e novatos.

Em sua palestra, o professor Fabrício explicou como o dinheiro público circula entre os entes federativos e como a Geografia interpreta a Federação brasileira. “O entendimento de como se articulam os entes federados (União, estados membros e municípios) pode nos dar indícios de quem são os agentes que efetivamente comandam os destinos da nação e qual o verdadeiro projeto nacional por trás da atual construção da Federação brasileira. De posse deste entendimento, a sociedade brasileira poderia ter condições plenas de exercitar a cidadania, já que um ponto relevante na interpretação geográfica do território nacional é distinguir a relevância e o poder que têm os agentes para usar esse território e atingir seus objetivos finais. Se a população entendesse melhor como o dinheiro público é distribuído, conseguiria discutir melhor o assunto e cobrar os políticos”, afirmou.

Fabrício mencionou ainda sua visão sobre a manipulação da informação exercida principalmente pela grande mídia, salientando que a informação pode ser criada ou transformada ao longo do tempo. Frisou que, portanto, é preciso checar a confiabilidade das fontes de informação. Explicou que alienar-se é “quando nós transferimos nosso poder de decisão para o outro” e que, hoje em dia, é necessário deixar de lado as “ideologias políticas paranoicas” e buscar, de fato, informação: “no período que vivemos, nós não dialogamos; apenas entramos em conflito”.

Por fim, o docente da Unesp/Rio Claro falou sobre a responsabilidade dos futuros professores de Geografia na formação de novas mentes: “por meio da Geografia, temos a possibilidade de compreender o mundo, de abrir novos olhos e criar um viés crítico”.

Para a professora Melina Mara de Souza, a fala do professor Fabrício foi “excelente”, pois foi um incentivo para “buscarmos informação, leitura, para não nos alienarmos”. Na opinião de Matheus de Andrade, aluno do 3º período do curso de Geografia, “a palestra foi bem abrangente. Trouxe uma outra visão da nossa territorialidade brasileira, focando na parte política e econômica atual”. Chamou a atenção do discente a forma como que, muitas vezes, a informação é modificada antes de chegar até as pessoas. Segundo Juliana Graciano, estudante do 1º período, “o professor Fabrício discutiu temas que a gente não tem contato”. Para a discente, o que mais lhe interessou foi a explicação sobre a distribuição dos recursos públicos. 

    Image folder specified does not exist!
  •  

Fotos e texto: Daniel Aroni
Ascom/IFSULDEMINAS - Campus Poços de Caldas
www.facebook.com/ifsuldeminaspocosdecaldas
15/02/2017